Visitas

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Neura

Ando com uma neura sem tamanho.
Ontem estava tão insuportável, que fui para a cama às 21:30. Algo impensável em mim. A verdade é que o vazio que tenho, não se preenche. Esta rotina vazia de paixão. E a única vontade persistente é de ir.
Ir, sem volta...
Contrariamente a muitas pessoas, eu não tenho medo de mudanças, só me aborrece o permanente e imutável.

Sem comentários:

Enviar um comentário